segunda-feira, novembro 02, 2009

Fome de morrer

"De tanta inspiração e tanta vida
Que os nervos convulsivos inflamava
E ardia sem conforto...
O que resta?uma sombra esvaecida
Um triste que sem mãe agonizava...
Resta um poema morto!!!''
(Álvares de Azevedo)
.
Um dia eu quis morrer
Como uma ancora
que afunda no mar.
Quis morrer...
Entregar-me ao vento
e esquecer.
Voar tão alto,
Atravessar galáxias
e afundar
na via láctea.
Quis esquecer...
Jogar-me em águas profundas
afogar o medo,
libertar o inchaço
da morte.
Quis morrer...
E não mais entender
dos raios
que pairam no céu.
Dos espinhos
que existem por trás
de um simples abraço.
Quis morrer...
E atravessar
o campo magnético
que o corpo vivo
não pode.
Quis morrer...
Sem dar explicação,
fechar a porta de meus olhos
Sangrar meu coração.
Um dia eu quis morrer
Sem alardes
para nascer a compreensão.
.
(sel)
.

8 comentários:

Rodrigo Tomé disse...

Morrer, viver, morrer... Todos oscilamos entre viver e morrer. A fome de morrer só é boa quando a transformamos em arte. Parece que nos tira um peso dos ombros.

Bjos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Ainda bem que nasceu algo novo dentro dessa morte anunciada. Sel, o vídeo é show, né? Quando assisti fiquei igual a você...

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Mary Joe disse...

Querida, acho que morremos muitas vezes, quando partes de nós já não cabem mais. Quando percebemos que a fase já era e insistimos em permanecer...
E como vc bem disse, nasce a comprensão dessa morte.

Muito bonito seu poema.

Ah! E tem sido delicioso ver vc lá no blog.
Beijokas
Mary Joe

Beki Girl disse...

Nossa amei o texto...
Nossa vida é uma linha que parte a vida e a morte, ficamos ali entre os dois campos o tempo todo, ás vezes saciando mais por um lado, outras querendo mais o outro... O bom é que muitas das vezes nessa oscilação toda cresce e fortifica algo bom em nós... =)

sel disse...

Obrigada pela visita sempre,Rodrigo,meu mais novo seguidor,Rebeca e Jota Cê,Mary Joe e Beki Girl,seje bem vinda e volte sempre sua presença é muito querida...bjos!

Yo_O disse...

oi mina valeu o disposição beijos

Vitorio disse...

Sel.
Sobre algumas coisas que vc escreve
eu fico pensando: de onde poderia ela ter tirado isso?
Vou te conhecendo mais e mais aos pouquinhos, mas derepente minhas certezas desmoronam.
E vejo brotar uma outra pessoa cada vez mais complexa e cheia de vertentes. Isso seria normal não fosse tua tão pouco idade.
Que caminhos são esses que vc já percorreu que te deram tanta visão?
E o que sente essa menina prá ter tanta inspiração?
Feliz por comportilhar isso tudo e por ter sonhos em comum.
Um carinhoso abraço.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor faz a primeira Blogagem Coletiva onde o tema é: Um conto de amor com cheiro de Néctar da Flor. É com muita felicidade que convidamos todos a conhecer um mundo encantado que há dentro de cada um. Conte um conto, seja personagem da sua história e sinta cada palavra escrita na hora que for contar.


As 10 melhores postagens com o tema levarão um layout personalizado ou uma página de scrapbooking digital. O restante das informações já estão incluídas na imagem acima e a inscrição já está aberta.


Basta colocar nessa postagem o seu nome, o nome do blog que irá concorrer e o email.


Faça parte dessa festa... que festa?


Aquela que se fantasia com emoção...


... VEM?


Obs: Quem for participar tem que levar esse selo abaixo e deixar visível para todos verem.


-