segunda-feira, agosto 30, 2010

Cinza


"Não há uma pessoa completamente treva ou cem por cento luz.

Há diversos tons de cinza."

(Philipi Estevão)

.

Não era assim

Que as coisas

Se resolviam

Ela sabia.

Mas insistia

Naquela agonia,

Mesmo sabendo

Que o dia

Amanheceu cinza.

(sel)

.

"O céu já foi azul, mas agora é cinza

E o que era verde aqui já não existe mais"

(Renato Russo)

2 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

O dia pode até ser cinza, mas o lindo mesmo é o colorido.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

Rodrigo Tomé disse...

A fatalidade do tempo escorrendo entre nossos dedos. A cinza das horas, o cinza e medo.

Paciência! Tudo tem seu tempo, será? Eu duvido.

Os poemas estão lindos, bjos!