segunda-feira, julho 13, 2009

"De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo."
(Vinícius de Moraes)
.
Na dúvida destilei
meu querer.
Sangrei até morrer
na indecisão de meu ser.
.
Querer e não poder.
Poder e não querer.
Não é fácil responder
por aquilo que faz-me sofrer!
.
Decido,mas não decido.
É o que deixa-me ferido.
Além daquilo que já era contido.
.
Desfazer o que já sei,
talvez,quem sabe não sei.
Qual é minha lei?
(sel)

6 comentários:

Mary Joe disse...

Querida, belo poema e bastante abrangente naõ? A dicotomia entre o querer e o poder é tão parte da história da gente... enquanto seres humanos, que pensei num tanto de situações que poderíamos pensar nisso... onde quero e não posso, onde posso e não quero.
O importante (penso eu) é entender o que é melhor pra gente em cada situação.

Gosto do clima de seu blog. É sempre um prazer estar aqui.
Beijo carinhoso
Mary Joe

Porcelain Doll disse...

Esse é o grande problema... descobrir qual é a nossa própria lei... descobrir o que verdadeiramente queremos é, por vezes, um enorme e desnorteante problema! :)

Beijinhos!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O Néctar da Flor oferece um selo DIGA NÃO AO PLÁGIO! Somos originas, porque somos únicos. Cada ser um humano tem uma emoção individual. Por mais que as palavras e os pensamentos sejam parecidos, não temos o direito de pegar algo de alguém e dizer que é nosso. Não podemos trocar palavras e rasurar o sentir do próximo. Encontramos inspiração em alguém, na natureza, na vida, mas não temos o direito de copiar sentimentos. Inspiração é uma coisa, xerocar palavras alheias é outra.



Beijos jogados no ar, sempre!



[para pegar o selo clique na imagem]



-

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Sel,

Você não podia ficar fora dessa.

Linda, você que é linda.

Beijo imenso.

Rebeca

-

Asas Negras disse...

Apenas nos somos capazes de dar esse poder há alguém... De nos fazer felizes ou de nos fazerem ethernos infelizes...
Ps. Chama etherna refere ao fogo que Apolo rouba e dar aos humanos e por isso é castigado... rs...